Infecção urinária: conheça os tipos e o papel da água na prevenção

Você já deve ter ouvido de alguém o seguinte conselho: beba bastante água porque ela ajuda a evitar a infecção urinária. A dica é valiosa e tem o aval dos médicos para prevenir uma das doenças que mais levam pessoas aos postos de saúde no Brasil.


A maioria dos casos é diagnosticado em mulheres, isso porque a uretra feminina (canal que conduz a urina) é mais curta que a do homem, o que facilita a contaminação. Se tratada adequadamente, a infecção urinária não é grave, mas é fundamental ficar atento aos sintomas para procurar um médico assim que eles aparecerem.


Neste post você vai entender que existem tipos diferentes de infecção urinária, vai saber como reconhecer os sintomas, e ainda vai ficar por dentro de informações sobre o tratamento e prevenção, onde o consumo de água tem papel fundamental.


Tipos de infecção urinária


Qualquer infecção causada por micro-organismos no trato urinário é uma infecção urinária. A parte atingida pela doença é que determina o tipo e o nome da infecção:


  • Uretrite (na uretra)

  • Cistite (na bexiga)

  • Pielonefrite (nos rins)


A uretrite é uma inflamação na uretra que pode ser causada por um traumatismo interno, externo ou pela infecção com algum tipo de bactéria, e pode afetar homens e mulheres. O risco de contrair uma infecção é maior após uma relação sexual, porque a uretra sofre microtraumas durante o sexo e fica mais vulnerável à instalação de bactérias.


Já na cistite a infecção atinge a bexiga, normalmente ela é causada por uma bactéria naturalmente presente no intestino e no trato urinário, mas que pode se multiplicar em excesso e chegar até à bexiga.

A pielonefrite é mais grave, e por isso exige mais atenção e rapidez na procura de um médico, isso porque ela é uma inflamação nos rins, que normalmente acontece quando as bactérias presentes no trato urinário chegam aos rins. Se não for tratada rapidamente ela pode levar a perda da função renal.

Sintomas

Nos dois primeiros tipos de infecção urinária, uretrite e cistite, os sintomas variam, mas costumam ser:

  • Necessidade urgente de urinar com frequência;

  • Eliminar pouca urina em cada micção;

  • Ardência ao urinar;

  • Dores na bexiga, nas costas e no baixo ventre

  • Coceira na uretra

  • Febre baixa

Já nos casos em que a infecção chegou ao rim, a pielonefrite, o sintomas mais alarmantes se somam aos listados acima:

  • Febre alta

  • Náuseas e vômitos

  • Redução no apetite

  • Dor na lombar

  • Urina turva

Diagnóstico e tratamento

Somente o urologista depois de exames clínicos e laboratoriais de urina pode dar um diagnóstico preciso de infecção urinária. Com essas informações o médico poderá estabelecer que tipo de infecção está no organismo e qual o tratamento adequado. O procedimento segue o seguinte padrão:

  • Levantamento dos sintomas do paciente;

  • Exame de urina tipo I;

  • Urocultura com antibiograma (para identificar o agente infeccioso e determinar a melhor medicação).

Em casos brandos de infecção urinária, o próprio organismo consegue eliminar as bactérias. Já quando é necessário o uso de medicamentos, os antibióticos são indicados de acordo com o tipo de infecção.

O papel da água na prevenção

Vários fatores contribuem para o aparecimento da infecção urinária. Entre os mais comuns estão: falta de ingestão de água e má higiene. Por isso, algumas mudanças de hábito bem simples, podem ajudar muito na prevenção:

  • Tomar bastante água (pelo menos dois litros por dia)

  • Urinar após as relações sexuais

  • Trocar fraldas e absorventes quando estão úmidos

  • Evitar roupas úmidas

O consumo regular de água é super importante, principalmente para a prevenção, uma vez que ela ajuda a expelir as bactérias presentes na uretra e na bexiga, e traz também uma série de benefícios para sua saúde. Agora, se você já está com sintomas de infecção urinária é fundamental procurar um médico, pois apenas aumentar a ingestão de água não vai resolver o problema, caso a infecção já esteja no organismo.

Algumas condições ligadas a idade também podem favorecer a ocorrência de infecção urinária:

  • Nos homens com mais de 50 anos, o crescimento da próstata e consequente retenção de urina na bexiga

  • Nas mulheres na menopausa diminuem as taxas de estrógeno, hormônio que protege o trato urinário

Pessoas com diabetes descontrolado também têm maior risco, devido às alterações causadas pelas altas taxas de açúcar no organismo.

Esperamos que ao terminar de ler este texto você tenha esclarecido suas dúvidas sobre a infecção urinária e reforçado a importância da ingestão regular de água para o bom funcionamento do organismo.

Quer manter seu estoque de água sempre em dia, com a comodidade de receber em casa toda a leveza da Água Santa Rita? É só acessar o e-commerce da Água Santa Rita, conhecer todas as nossas opções de tamanhos e embalagens e fazer seu pedido :) Entrega grátis na Grande Florianópolis!




60 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo