Dores musculares: tudo que você precisa saber sobre o assunto

Atualizado: Nov 17

Todo mundo já teve aquele torcicolo que incomodou um dia inteiro ou já sentiu aquela dor persistente depois dos primeiros dias de academia. As dores musculares podem ter várias causas, as principais delas costumam ser o estresse que causa tensão muscular, o excesso de atividades físicas, por usar demais algum músculo antes não tanto usado, e o famoso “mau jeito”, que pode surgir por problemas posturais e até por causa da posição de dormir.

De maneira geral, as causas das dores musculares não são preocupantes. Os sintomas são facilmente reconhecidos e os tratamentos são simples de serem seguidos. Mas também há casos que precisam de maior atenção e por isso é importante estar atento à dor – principalmente para o caso de ela persistir por mais de três dias.

Entenda as principais causas, os sintomas e como tratar as dores musculares:

Causas


Sobrecarga do músculo: movimentos repetitivos e excesso de peso podem sobrecarregar os músculos e forçá-los a aguentar mais do que a sua capacidade normal.

Estresse: o estresse normalmente tenciona alguns músculos, causando dor. Como a tensão ocorre, na maioria das vezes, de forma involuntária, acaba sendo mais difícil de diagnosticar e evitar a contínua sobrecarga muscular.

Postura: cadeira mal ajustada e colchão e travesseiros ruins podem ser alguns dos motivos que forçam uma postura incorreta, o que também pode ocasionar tensão e até lesão muscular. Nestes casos, a dor costuma aparecer depois de algumas horas ou de alguns dias. É importante observar a causa para poder corrigi-la.

Medicamentos e drogas: algumas drogas e medicamentos podem causar cãibras, especialmente os que são à base de estatina, normalmente utilizados para controle do colesterol e para a prevenção de doenças cardíacas. A cocaína também pode causar tensão e espasmos dos músculos, ocasionando a fadiga e dor muscular.    

Sintomas


Dor: a dor pode ser leve, moderada ou forte, dependendo do tipo de lesão e da causa da dor. Normalmente ela fica mais evidente nos movimentos em que o músculo é acionado, como o caso de um torcicolo – quando a dor ocorre ao virar o pescoço, por exemplo.

Queda do rendimento: para evitar a dor, alguns movimentos acabam sendo contidos instintivamente, o que pode ocasionar maior cansaço e queda no rendimento ao executar atividades cotidianas.

Mal-estar: em caso de lesão mais expressiva, a dor também é maior. Com ela costuma vir o mal-estar, a sensação de cansaço e a dor de cabeça, por exemplo.


É importante ficar atento caso além da dor muscular existam outros sintomas como febre, vermelhidão e inchaço.

Como tratar?


Não force o músculo: é importante evitar o agravamento da lesão. Por isso o músculo deve ser poupado pelo menos por alguns dias até que possa se restabelecer.

Cuidado com os relaxantes musculares: os relaxantes musculares costumam atenuar consideravelmente as dores, especialmente as mais leves. Mas não exagere: usar continuamente relaxantes musculares pode acabar mascarando problemas mais sérios.

Embora as dores musculares costumem desaparecer em pouco tempo, é importante que um médico seja consultado para avaliar as causas e prescrever a medicação correta para cada caso. Além disso, mantenha-se hidratado: cerca de 70% do músculo é formado por água. Por isso, vale garantir que a garrafinha esteja sempre ao alcance e que você beba a quantidade necessária de água de acordo com o seu corpo. Entenda como calcular o quanto de água deve tomar no dia.


Infográfico 10 doenças que podem ser prevenidas bebendo água


gotas agua mineral santa rita.jpeg

Sou um parágrafo. Clique aqui para editar e adicionar o seu próprio texto. É fácil! Basta clicar em "Editar Texto" ou clicar duas vezes sobre mim e você poderá adicionar o seu próprio conteúdo.

Deixe sua mensagem

arrow&v
gotas%252520agua%252520mineral%252520san

Sou um parágrafo. Clique aqui para editar e adicionar o seu próprio texto. É fácil! Basta clicar em "Editar Texto" ou clicar duas vezes sobre mim e você poderá adicionar o seu próprio conteúdo.

Inscreva-se e fique por dentro de dicas de saúde e promoções

  • Instagram - Água Mineral Santa Rita
  • Facebook - Água Mineral Santa Rita
  • Twitter - Água Mineral Santa Rita
  • YouTube - Água Mineral Santa Rita
  • LinkedIn - Água Mineral Santa Rita

(48) 3275-0353

BR 282, KM 53,5, S/N, Caixa Postal 5,

Rio dos Bugres, Rancho Queimado/SC, Brasil - CEP: 88470-000

 © 2020 Água Mineral Santa Rita CNPJ 03.489.027/0001-88. Criado com carinho por Chai Oliveira