Dicas para cuidar da saúde em tempos de COVID-19

Atualizado: Jan 5

Os noticiários e mudanças no cotidiano não nos deixam esquecer que o momento é delicado e precisa de todo nosso cuidado e atenção. Por isso, resolvemos trazer algumas informações e dicas importantes quanto à manipulação de alimentos e a hidratação. Confira abaixo:


1) Mantenha a hidratação em dia


Muitos dos nossos conteúdos trazem esse assunto da hidratação e não é à toa. Manter a hidratação correta é um dos pontos mais importantes pra você se manter saudável.

Pequenos goles de água mineral a cada 15 minutos, por exemplo, já fazem toda a diferença para manter a imunidade em dia. Temos um conteúdo completo que explica todos os pontos que tornam a hidratação uma ferramenta poderosa para prevenção do COVID-19


Além disso, se você ainda tem dúvida sobre o quanto de água deve ser consumido, clique aqui para entender a quantidade que se deve tomar em cada fase da vida.


2) Cuidados com a Alimentação


Além da hidratação, manter uma alimentação saudável e equilibrada também é importante. Seguindo as recomendações publicadas pela Teia de Articulação pelo Fortalecimento da Segurança Alimentar e Nutricional (TearSAN), grupo de pesquisa do departamento de Nutrição da UFSC, quanto à alimentação vale lembrar:

“Nenhum alimento específico tem o poder de proteger contra o contágio, mas uma boa alimentação contribui para o fortalecimento do sistema imunológico.Variedade, diversidade e equilíbrio: a alimentação saudável é colorida e inclui legumes, verduras da época (sempre bem lavados).”

Ainda, o médico imunologista Eduardo Tosta divulgou um documento sobre como Melhorar a imunidade em tempos de Coronavírus, em que elencou os alimentos fortalecedores da imunidade e com atividade antimicrobiana:

  1. Mel (rico em vitaminas B2, B3, B5, B6, B9 e C);

  2. Limão (rico em vitaminas A, B1, B2, B3, B6, B9, C e E);

  3. Cúrcuma (açafrão da terra): Seu principal composto ativo, a curcumina, apresenta poderosa atividade imunomoduladora, anti-inflamatória, antioxidante e pneumoprotetora (pulmão);

  4. Aveia: É fonte de proteínas de alta qualidade, minerais e vitaminas (B e E);

  5. Gengibre: O gingerol e os outros 168 compostos bioativos do gengibre possuem atividades imunomoduladora, anti-inflamatória, antioxidante e pneumoprotetora

  6. Açaí: A velutina e outros compostos flavonoides, antocianinas e carotenoides do açaí apresentam atividades imunomoduladora, anti-inflamatória, antioxidante, e pneumoprotetora

  7. Uva tinta, amendoim: são ricos em resveratrol, um composto bioativo com atividades imunomoduladora, anti-inflamatória, antioxidante, e pneumoprotetora;

  8. Brócolis: Rico em vitaminas (E, C, K, B, A, carotenoides);

  9. Linhaça: Os lignanos, principais compostos bioativos da linhaça, apresentam atividade imunomoduladora, anti-inflamatória e antioxidante;

  10. Kefir: Apresenta potente atividade imunomoduladora, anti-inflamatória, antitóxica, antibacteriana, antifúngica e antiviral.

Leia mais sobre Kefir em: Benefícios do kefir de água: saiba tudo sobre a bebida


3) Higiene dos Alimentos


Seguir as recomendações do