A diferença entre água mineral natural com gás e água com gás natural

23 de agosto de 2016. Categoria(s) Sem categoria

água mineral natural com gás e água com gás natural

A água com gás é uma opção para quem quer sair da mesmice da água mineral natural, mas mantendo a saúde e zero calorias. As duas versões contêm os mesmos nutrientes e benefícios de acordo com a fonte onde foram coletadas. No entanto, você sabia que existe uma diferença entre água mineral natural com gás e água com gás natural?

Pode parecer complicado, mas são dois tipos de água diferentes porque os resultados frisantes são obtidos de maneiras distintas. A água mineral com gás é a que encontramos com mais facilidade nos supermercados. O gás dela é inserido artificialmente através de um processo parecido com o qual são submetidos os refrigerantes: o oxigênio do líquido é retirado e no seu lugar coloca-se gás carbônico. Neste processo, a água é resfriada até 5ºC para que possa absorver melhor o CO2 e agregá-lo ao líquido.

por-que-a-agua-tem-validade-agua-santa-rita

Já a água com gás natural, também chamada de água carbogasosa ou carbonatada, tem um processo natural proveniente do aquecimento subterrâneo. As fontes estão em regiões onde já houve registro de atividades vulcânicas e que têm o magma mais próximo à superfície. A região de Vergèze, no sul da França, e do Circuito das Águas, no sul de Minas Gerais, são locais reconhecidos por terem fontes onde a água já jorra com gás.

Segundo especialistas, o gás natural dessas águas é formado através do calor intenso do magma, que aquece o aquífero. Ele quebra as moléculas dos minerais contidos na água, que liberam vapores que são incorporados como gases no líquido mais tarde.

O problema é que muitas águas gasosas naturais não têm uma quantidade de gás carbônico suficiente para suportar o engarrafamento e seguir nas convenções comerciais nacionais. Por isso algumas marcas acrescentam um pouco de CO2 artificialmente para alcançar esse valor.

 

CTA_rotulo