top of page

Como curar a ressaca rápido? Veja como aliviar os sintomas

Atualizado: 9 de fev. de 2023

Muita gente aproveita as férias de verão para deixar de lado as preocupações da rotina de trabalho, estudos e outras atividades do cotidiano, e na hora de relaxar e festejar as bebidas alcoólicas entram em cena. O problema é que quando exageramos na quantidade de álcool ingerido, nosso organismo sofre as consequências. E é aí que entra a dúvida, como podemos curar a ressaca?


Neste blog vamos explicar o que acontece com o corpo no dia seguinte de uma bebedeira, como aliviar os sintomas e ainda vamos dar dicas de como curar a ressaca. Você vai entender também, porque a água é uma aliada importante para garantir o bem-estar antes, durante e depois do consumo de bebidas com álcool.

O que acontece com o corpo quando estamos de ressaca?


Primeiro precisamos entender o que acontece com o nosso corpo quando ingerimos álcool. Ao beber os primeiros goles, o álcool vai para o estômago, onde é absorvido e viaja pela corrente sanguínea pelos órgãos - o que leva de 30 a 90 minutos, até o cérebro. Ao afetar o sistema nervoso central, o primeiro efeito do álcool é de excitação, já que ele libera serotonina, neurotransmissor associado à alegria e satisfação, porém, com o passar do tempo, ele começa a deprimir o sistema nervoso central, diminuindo os reflexos, podendo causar alterações de humor e, em grande quantidade pode levar até a perda da consciência.


Entre 12h e 24h depois do consumo exagerado de álcool surgem os sintomas da ressaca. Entre os principais estão:

  • Boca seca: causada pela desidratação;

  • Perda de eletrólitos, que podem causar dores musculares;

  • Aumento da produção de suco gástrico, que causa irritação gastrintestinal, dor abdominal, náusea e vômitos.;

  • Hipoglicemia induzida pelo álcool, que afeta o funcionamento cerebral, provocando cansaço e mudanças de humor;

  • Alterações no padrão e qualidade do sono, levando à fadiga.

Segundo o Alcohol Hangover Research Group (AHRG), grupo formado em 2010 por cientistas americanos, a ressaca é definida como a combinação de sintomas mentais e físicos negativos, que podem ser experimentados após um único episódio de consumo de álcool, começando quando a concentração de álcool no sangue se aproxima de zero. Tudo isso acontece por causa de uma espécie de intoxicação que o álcool provoca no corpo de quem o ingere.


Tem como prevenir a ressaca?


A única maneira de prevenir a ressaca 100% é não beber, mas se você optar pelo consumo de bebidas alcoólicas pode tomar alguns cuidados, para não sofrer tanto no dia seguinte. Separamos algumas dicas para prevenir a ressaca.

Hidrate-se


As bebidas alcoólicas tem uma pequena quantidade de água em sua composição, quando bebemos, nosso organismo não entende a presença de tanto líquido, então aumenta a diurese. Por isso, quando ingerimos álcool, fazemos muito xixi, o que pode levar rapidamente à desidratação e ao aumento da concentração de álcool no organismo.


O indicado pelos especialistas é tomar, a cada hora, ao menos um copo de água ou ainda beber um copo de água para cada copo de bebida alcoólica. Assim, você retarda a absorção do álcool e dilui a bebida, o que diminui a ressaca. A desidratação é responsável por alguns dos principais sintomas da ressaca como dor de cabeça e enjoos.

Prepare o seu estômago


Evite consumir álcool com o estômago vazio. Quando você faz isso, boa parte do álcool é absorvida diretamente pelo revestimento do estômago e, por isso, o efeito é mais rápido. Faça uma refeição completa antes ou mesmo um lanche com bastante proteína antes de beber, isso pode evitar muitos sintomas ao acordar no dia seguinte.

Evite café no mesmo dia que beber


Quando consumimos cafeína, o fígado trabalha para processar ela, se bebermos até 24 horas depois, ele terá mais dificuldade de processar o álcool, uma vez que vai estar processando “aquele” cafezinho. Uma boa opção é substituir o café pelo chá-verde.


Proteja o seu fígado

Alguns alimentos também podem ajudar a diminuir os efeitos da ressaca, quando consumidos antes da ingestão da bebida alcoólica.

  • A chlorella é uma microalga rica em antioxidantes, fibras, proteínas, vitaminas e ômega 3, além de auxiliar na eliminação de toxinas;

  • O açafrão-da-terra, também conhecido por cúrcuma, fresco ou seco, pode ser consumido como chá ou adicionado a um smoothie;

  • O alho ativa enzimas que estão presentes no fígado e que ajudam a eliminar as toxinas do corpo.


Intercale bebidas alcoólicas com doces

O consumo do açúcar diminui a absorção do álcool pelo organismo. Por exemplo, um brigadeiro ou um pedaço de bolo, ou mesmo as próprias frutas do drink. Uma caipirinha de frutas é melhor do que a cachaça pura, pois traz frutose e glicose, que ajudam a processar o álcool, além de repor o potássio perdido através da urina.

E para curar a ressaca? Veja o que fazer para aliviar os sintomas


Se você tomar esses cuidados prévios, mas mesmo assim a ressaca aparecer, veja algumas dicas para aliviar os sintomas:

  • Tomar ÁGUA MINERAL e MANTER-SE HIDRATADO;

  • Ficar em repouso;

  • Ter uma alimentação mais leve, com frutas, legumes e verduras;

  • Dependendo dos sintomas, usar remédios para enjoo ou dor;

  • Evitar o uso de anti-inflamatórios que irritam a mucosa do estômago;

Segundo especialistas, o ideal é beber três litros de água nas primeiras 24 horas após o consumo exagerado de álcool. Outra dica é beber água com gás, estudos recentes comprovam que ela é uma ótima para curar a ressaca.


Neste post você viu que beber água mineral é fundamental para evitar e também curar a ressaca. Para garantir seu estoque e manter sua hidratação em dia nas suas férias e comemorações, acesse nossa loja virtual e faça seu pedido, entregamos na sua casa, em Biguaçu, Palhoça, São José e Florianópolis.




1.114 visualizações0 comentário
bottom of page