top of page

Barriga inchada: veja causas e como combater o estufamento

Atualizado: 9 de fev. de 2023

Muitas pessoas convivem com o desconforto causado pela barriga inchada e o abdômen estufado. Além da preocupação com a saúde e o bem-estar, essa situação interfere também na satisfação estética com o corpo. Nem sempre a barriga inchada está ligada ao sobrepeso ou obesidade, mas sim a alguns hábitos que podem ser modificados e melhorar essa condição.


A causa mais comum do inchaço na barriga é o acúmulo de gases, em alguns casos o incômodo vem acompanhado de dores que podem ser tão fortes a ponto de levar uma pessoa até o pronto socorro. Isso ocorre porque quando os gases intestinais não são rapidamente expelidos distendem a barriga e deixam ela dura. Mas existem outros fatores que podem causar estufamento e inchaço no abdômen, como intolerância a alguns alimentos e o período menstrual.


Neste post vamos detalhar algumas das causas mais comuns da barriga inchada, dar dicas de como evitar o estufamento e explicar porque o consumo regular de água é um grande aliado para eliminar esse desconforto. Vamos lá?


Causas da barriga inchada

De modo geral, as causas do estufamento abdominal são sinais de que algo não está bem com seus hábitos alimentares.


Quando a barriga fica inchada e dura é possível que a causa seja o acúmulo de gases, e quando a barriga fica inchada e mole, pode indicar um edema abdominal ou retenção de líquidos, causada pelo consumo em excesso de alimentos com alto teor de sódio. Outras prováveis causas são:

  • Má digestão

  • Dieta alimentar pobre em fibras

  • Grande quantidade de alimentos ingeridos em uma refeição

Porém, o inchaço constante na barriga pode indicar a presença de alguma doença ou intolerância a certos alimentos, como:

Excesso de gases

São a causa mais comum da barriga inchada e normalmente ocorre devido a uma alimentação rica em gorduras, frituras ou doces. Alimentos muito condimentados também estimulam a formação de gases intestinais.

O ar que ingerimos pela boca também se transforma em gases intestinais. É natural que o ser humano produza esses gases, segundo estudos um adulto pode expelir gases 20 vezes por dia. O problema é que se a produção de gases for maior do que o organismo consegue expelir eles se acumulam e causam o desconforto.


Prisão de ventre

Além do inchaço da barriga, a prisão de ventre causa sintomas como dificuldade para defecar e sensação de gases presos na barriga. Pessoas sedentárias e acamadas têm mais chance de ficar com o intestino preso, mas o baixo consumo de fibras e pouca ingestão de água, também contribuem para essa condição.


Menstruação

Nos dias que antecedem a menstruação é comum as mulheres se queixarem de ter a barriga inchada, situação que muitas vezes permanece no período menstrual, isso ocorre porque durante a TPM acontece o acúmulo de líquidos no abdômen, que tende a desaparecer com o fim da menstruação.


Dicas para combater a barriga inchada

1. Beba água

A água é uma grande aliada do processo digestivo. Manter a hidratação em dia com a ingestão de água nas quantidades adequadas é fundamental para combater a retenção de líquidos, que podem deixar a barriga inchada, pois ajuda a eliminar as toxinas através da urina, além de garantir o melhor funcionamento dos rins. Evite tomar muita água durante as refeições, o ideal é ingerir antes ou após.

2. Evite alimentos que possam provocar gases

Entre os alimentos e bebidas que podem provocar gases, estão: feijão, queijo, carne vermelha, alimentos processados e bebidas gaseificadas. Nesse caso, dê preferência a bebidas que não contém gás, como a água mineral. Outro cuidado na hora das refeições é comer devagar, não engolir ar ao comer e não exagerar na quantidade de comida ingerida.

3. Coma mais fibra

O consumo de fibras ajuda a evitar a prisão de ventre e os gases, que causam o inchaço na barriga. Isso ocorre porque os alimentos ricos em fibra ajudam na formação do bolo fecal. Uma boa opção é trocar pães e massas feitos com farinha refinada pela versão integral, e incluir no cardápio aveia, farelo de trigo, frutas e verduras cruas ou cozidas em água e sal.

4. Faça exercícios físicos regularmente

A caminhada é um ótimo exercício para eliminar o excesso de gases, mas qualquer atividade física é fundamental para evitar a barriga inchada. Alguns exercícios podem auxiliar nessa tarefa. Veja duas dicas de exercícios simples, para fazer em casa.

  • Deite de barriga para cima dobrando e segurando um joelho, pressionando-o em direção à barriga. Repetir de 20 a 30 vezes para cada uma das pernas.

  • Ajoelhe e tente sentar sobre o calcanhar, esticando-se para a frente estendendo os braços. Mantenha a posição por alguns minutos

Esperamos que ao final desse post você conheça melhor as causas da barriga inchada e saiba alguns hábitos que podem aliviar esse desconforto.

Lembre-se que se os inchaços e dores persistirem por muito tempo, mesmo com a mudança de alguns hábitos, é importante procurar um especialista. Casos em que há alguma intolerância alimentar, ou outro problema de saúde, devem ser acompanhados por um profissional.

Gostou deste post? Então acompanhe nosso blog e fique por dentro de outros assuntos relacionados à saúde e ao bem-estar. E para manter a hidratação em dia, visite a nossa loja virtual e receba a sua água em casa :)





651 visualizações0 comentário
bottom of page