Hidratação para bebês e crianças: qual a quantidade de água ideal por idade

5 de dezembro de 2017. Categoria(s) Saúde

hidratacao-de-criancas-e-bebes-

Já sabemos que nosso corpo precisa de água para ter seu funcionamento pleno. A ingestão adequada de água beneficia nossas defesas imunológicas e ajuda no bom funcionamento dos órgãos e absorção dos nutrientes que precisamos diariamente.

Além disso, o consumo diário de água é vital para o funcionamento do nosso sistema nervoso e permite que o sistema circulatório cumpra sua função, auxiliando nosso metabolismo, regulando a temperatura do nosso corpo e, eliminando as toxinas, garantindo o bom funcionamento dos nossos rins evitando possíveis infecções urinárias e cálculos.

Seu filho bebe água suficiente?

Segundo estudo feito pela escola de Saúde Pública de Harvard com base nas estatísticas do National Health and Nutrition Examination Survey, entre 2009 e 2012, com mais de 4 mil crianças e adolescentes, foi observado que mais da metade sofre de desidratação, pelo baixo consumo de água durante o dia.

Dados da pesquisa demonstraram que quando os pais foram questionados, verificou-se que o hábito de oferecer a água ao longo do dia, ocorria com frequência somente em períodos mais quentes, como verão e primavera.

Em épocas do ano como inverno essa oferta era bastante reduzida e quase inexistente. Observou-se também que isso ocorria pela repetição dos hábitos dos pais. Como o consumo em estações mais frias era feito com menor frequência também pelos pais, ocorria então, o esquecimento do incentivo ao consumo regular de água.

E você, costuma tomar água?

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma pessoa adulta elimina em condições normais cerca de 2300 ml de água por dia. Sabemos que um adulto possui em seu corpo um percentual que varia de 60% a 75% de água.

Esses números variam de acordo com a idade e com o sexo, uma vez que as mulheres por possuírem maior quantidade de tecido adiposo, possuem uma quantidade menor de água no organismo.

E para repor essa quantidade que perdemos precisamos ingerir de 2 a 3 litros de água diariamente, além da ingestão presente nos alimentos. Sucos, chás e refrigerantes não substituem em nada a ingestão de água no organismo, pelo contrário, pela alta quantidade de sódio presente nesses refrescos, eles fazem mal a saúde e diminuem o consumo de água.

Quanto uma criança deve beber de água?

Não há uma regra ou um número para isso. Há vários fatores como idade, clima e se a criança possui regular prática de esportes ou não. Como hábitos as crianças costumam não parar as brincadeiras ou exercícios para se hidratarem com frequência, então é importante que os pais, educadores, insistam na oferta de água sempre que possível.

Médicos e especialistas recomendam que os pais sigam essas orientações de acordo com a idade, mas, atente- se para outros fatores que podem alterar essa demanda como: dias mais quentes, práticas de atividades físicas, muita quantidade de roupas, entre outras.

  •  Para bebês, é indicada a ingestão de água somente a partir dos seis meses de idade, antes disso, o leite materno possui a quantidade adequada ao bebê. Entre 6 meses e 2 anos o ideal é oferecer água 5 vezes ao dia, de 30 a 60 mL por vez.
  • Para crianças na faixa dos 4 anos o ideal é que esse consumo aumente. Nessa fase as atividades físicas estão mais intensas então é importante que oferecer água de 6 a 8 vezes ao dia, aproximadamente de 100 a 150mL por vez.
  • Crianças e adolescentes devem manter sua hidratação de 6 a 8 vezes ao dia, consumindo de 200 a 300 mL por vez. E observar que outras formas de hidratação para “matar a sede” não são indicadas em substituição a água.
  •  Para os adultos a ingestão de água diária deve ser de até 10 copos com capacidade de 200 a 300mL por vez.

Água é saúde para toda família

Para facilitar o consumo e a ingestão de água por toda a família preparamos algumas dicas que podem ajudar a manter a família toda hidratada:

  • Lembre-se sempre que pais são melhores exemplos para os filhos. Se os pais possuem o hábito de ingestão regular de água, os filhos também terão esse costume.
  • Parar a brincadeira de criança no meio para oferecer água pode não ser a oferta mais atrativa aos pequenos, por isso é importante que essa oferta ocorra ao longo de todo o dia e com frequência regular.
  • É costume, de 9 entre 10 famílias, ingerir sucos durante as refeições. Os sucos não possuem a mesma hidratação que a água para o organismo, portanto mesmo tomando bastante suco é importante manter a regularidade no consumo da água no intervalo entre as refeições.
  • Crie novos hábitos, deixe sempre a mão uma garrafinha de água. Pode ser no quarto, no carro, na bolsa. Isso fará com que a água seja sempre a primeira opção de hidratação na hora da sede.

 

Procure sempre uma água de qualidade, leia rótulos e verifique se a água que sua família consome contém pouca quantidade de sódio presente em sua composição. A Água Mineral Santa Rita está comprometida com a saúde do seu organismo e trabalha para oferecer uma água de qualidade para toda sua família.

 

CTA_rotulo