Por que beber água melhora a concentração? Entenda

6 de dezembro de 2016. Categoria(s) Saúde

beber água melhora a concentração

Você certamente já ouviu sobre a importância de beber água para manter as funções do corpo em dia – desde auxiliar na manutenção da temperatura, nos processos de digestão até no controle da glicose no sangue. Mas você sabia que beber água melhora a concentração e outras atividades cognitivas do nosso cérebro?

Essa foi a descoberta de um estudo da Universidade de East London, na Inglaterra. Segundo os pesquisadores beber alguns copos de água pode melhorar em até 14% a capacidade cognitiva do cérebro, como memória visual, memória de curto prazo e aprendizagem.

O estudo foi conduzido com 34 participantes de 29 anos que tiveram de passar a noite sem comer ou beber nada. Metade dos pesquisados bebeu três xícaras de água antes de realizar alguns testes simples de capacidade cerebral, o restante não bebeu nada. Aqueles que ingeriram água tiveram um aumento no tempo de reação mental às atividades e obtiveram resultados melhores.

Outras pesquisas feitas pela mesma universidade sugerem ainda que crianças e idosos são mais suscetíveis a essas mudanças de concentração causadas pela ingestão de água.

– Temos de pensar ainda que complementar com água é uma maneira realmente barata para que estudantes e educadores consigam obter resultados melhores – afirmou em entrevista à BBC o Dr. Mark Gardner, coautor da pesquisa sobre as melhorias que a hidratação oferece às crianças em idade escolar.

Como beber água melhora a concentração e as capacidades cerebrais?

A justificativa dos pesquisadores para este fenômeno está ligada a duas características básicas do nosso corpo. A primeira é que ao começarmos um quadro de desidratação (quando sentimos sede, por exemplo) uns dos primeiros sintomas que aparecem são a dificuldade de concentração, sonolência e fadiga. E ao combater esse cenário, combatemos também os sintomas que eles acarretam.

A segunda característica é que a água é uma excelente condutora de eletricidade, elemento básico na transmissão de informações e impulsos entre os neurônios e outras células do corpo ou entre os próprios neurônios. Ou seja: quando bem hidratados, os sinais cerebrais para as reações acontecem de forma mais rápida.

Além disso, de acordo com o Dr. Chris Pawson, um dos responsáveis pela pesquisa, o consumo de água também está associado à diminuição dos níveis de ansiedade e estresse, o que se reflete diretamente na capacidade cognitiva das pessoas.

CTA_rotulo