Chás: dicas para a preparação da bebida

11 de abril de 2018. Categoria(s) Saúde

Chas-alternativas-naturais-para-controlar-mal-estares

A importância de usar água de qualidade no preparo de chá ou de infusão.

Para muitos, o chá ainda remete exclusivamente a remédio, mas existe um universo fascinante e prazeroso de aromas e sabores que pode tornar-se um hábito saudável.

O chá é originário da China e produzido a partir de uma planta chamada Camellia sinensis, uma espécie da família Theaceae. Dessa planta obtêm-se as variedades de chá: branco, amarelo, verde, oolong, preto e escuro. A diferença entre eles é o processo em que as folhas são expostas, que confere cor e sabor característicos.

No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária define chá como “produto constituído pelas folhas novas e brotos de várias espécies do gênero ‘Thea’ (Thea sinensis e outras plantas)”.

 

 

Existe uma infinidade de ervas utilizadas no preparo de chás, como camomila, hortelã, erva-cidreira, erva-mate, capim-limão, hibisco, entre outras apreciadas por seu sabor, por seu aroma e por propriedades relaxantes, digestivas, energéticas e calmantes.

Embora pareça simples preparar uma xícara de chá, existem alguns cuidados no processo do preparo para preservar as propriedades da bebida. A água da torneira raramente é apropriada, pois contém cloro, calcário e diversas impurezas. Selecionamos algumas dicas importantes sobre todo o processo de preparação do chá.

 

Para preparar um chá delicioso e saudável, é preciso água mineral natural de boa qualidade.

 

Água

Ao preparar o chá, utilize sempre a melhor água possível, de preferência mineral. Isso é importante, porque se a água tiver algum sabor desagradável perceptível, como o de metal ou cloro, ela vai transferir o sabor para a infusão.

Chá

Prefira chá de folhas, flores e brotos, inteiros e frescos, pois garantem melhor qualidade e preservam a maior parte dos óleos essenciais, aroma e sabor do chá.

Quantidade

A orientação geral é uma colher de chá de erva (2,5 a 3 gramas) para cada 200 ml de água. É possível alterar a quantidade de acordo com o gosto de cada pessoa e o tipo de erva utilizado.

Temperatura

Cada tipo de chá possui uma temperatura ideal que melhora seu sabor. Utilize um termômetro ou uma chaleira elétrica com termostato que regule a temperatura da água. Caso não tenha algum desses equipamentos, uma dica é observar o ponto de ebulição da água.

temperatura

 

tipos

 

 

Infusor

Você pode optar pelo preparo do chá direto na xícara, no bule ou com o uso de infusor. A primeira opção permite que a erva tenha mais espaço para expandir e liberar sabor. Se você preferir usar infusor, escolha um acessório que tenha espaço suficiente para a folha expandir à medida que entre em contato com a água.

Tempo

O tempo de infusão varia de acordo com o chá e, claro, com o paladar. É possível conferir nas embalagens as indicações e seguir a sugestão de tempo de infusão para cada chá.

 

tempo

 

Infográfico Gratuito: 10 doenças que podem ser prevenidas bebendo água