Escalda-pés: benefícios e receitas simples

23 de julho de 2018. Categoria(s) Saúde

escalda pés

A cultura do banho terapêutico nos pés os chamados escalda-pés – é praticada desde a Grécia e Roma Antiga. Além de ser um ritual milenar de purificação e conexão com a essência do corpo e da alma, também elimina toxinas através da pele.

O escalda-pés é indicado para tratar estresse, nervosismo, micoses, dores nas pernas, cansaço, frieiras, problemas de circulação, calos, gripes, resfriados, insônia e muitos outros males.

É possível trazer alívio não só à região da aplicação, mas ao corpo como um todo, uma vez que os pés são capazes de absorver as tensões nervosas das nossas atividades e um dos principais meios de alívio de diversas enfermidades, exatamente por conterem uma grande quantidade de terminações nervosas.

São muitas as flores, ervas e sais que podem servir de matéria-prima, basta escolher aquilo que melhor corresponder ao benefício necessário. É possível preparar escalda-pés com sal grosso e óleos essenciais aromáticos e terapêuticos, como o capim-limão, por exemplo, que é indicado como harmonizador e relaxa a mente cansada, ou a lavanda, usada como calmante natural.

Além de elementos que beneficiam o corpo com suas propriedades terapêuticas, o escalda-pés pode utilizar elementos de fricção como cristais, pedras de rio ou bolas de gude para estímulo e massagem de pontos tensionados.

Principais benefícios do escalda-pés

Relaxamento e redução de estresse

A aplicação externa da água é um dos meios mais fáceis e mais satisfatórios de regular a circulação do sangue e promover o relaxamento. Um dos principais benefícios terapêuticos dessa técnica é a propriedade de melhorar a bioeletricidade do corpo através da imersão dos pés em uma solução salina, ação de movimentação energética que auxilia na redução dos níveis de estresse.

Leia também: Alimentação durante a amamentação: como fazer as melhores escolhas

Alívio para o corpo inteiro

Os pés possuem aproximadamente 70 mil terminações nervosas ligadas a cada órgão do corpo, o que significa que o seu relaxamento pode influenciar no bem-estar e no tratamento de dores e lesões, independentemente da região afetada.

Redução do inchaço nas pernas

O inchaço indolor nos pés e nas pernas ocorre devido ao acúmulo de líquido, podendo ser causado pelo sedentarismo, doenças diversas, gravidez ou excesso de peso. Para amenizar esse quadro, o escalda-pés é uma ótima alternativa, pois o processo ativa a circulação sanguínea, diminuindo o acúmulo de líquidos e promovendo o bem-estar.

O que é preciso para fazer um escalda-pés

– Balde ou bacia baixa e larga;

– Água aquecida a uma temperatura entre 36 e 40 graus;

– Óleos essenciais – 15 gotas em média para 2 litros de água;

– Flores ou ervas para o benefício desejado – 1 xícara de ervas secas ou frescas para 2 litros de água;

– Sais ou espuma de banho – 2 colheres de sopa;

– Algum elemento de fricção, se desejar.

Escolha um balde ou bacia onde possa acomodar os pés de maneira que fiquem submersos até os tornozelos. Encha com água quente e coloque os ingredientes conforme os benefícios desejados. Os pés devem permanecer cerca de 15 minutos dentro do escalda-pés.

Para transformar o escalda-pés em um ritual de relaxamento mais imersivo, escolha um ambiente tranquilo, com uma música calma, um sofá ou cadeira confortável e aproveite para complementar os benefícios saboreando uma xícara de chá.

Leia também: Os benefícios da água para o emagrecimento e a manutenção do peso

Ingredientes para escalda-pés e suas indicações

Sal: ajuda a drenar o excesso de líquido e reduzir o inchaço;

Eucalipto, hortelã e menta: combatem o cansaço e livram as pernas da sensação de peso;

Arnica: diminui a dor;

Calêndula: ação antisséptica e antibacteriana;

Arruda: ativa a circulação;

Cravo, canela e alecrim: estimulantes e revigorantes;

Lavanda, erva-cidreira, melissa, erva-doce, capim-limão e camomila: ação relaxante, estimulando o sono.